For a Conscious Clothing


Liberando o meu closet / Making my closet free

por um vestir consciente / for a conscious clothing

Evento de venda e troca de roupas / Event of selling and swapping clothes

Estes tempos atrás, Cathy Henry me convidou para falar sobre moda e sustentabilidade no evento o qual ela está organizando. Sendo a proposta do “Free your Closet” de ser um encontro de venda e troca de roupas e acessórios entre mulheres antenadas com as novas formas de consumo sustentável, eu me animei e decidi abrir o meu armário e me desapegar de algumas peças (aliás, se lembram do meu primeiro post?). / A short time ago, Cathy Henry invited me to speak about fashion and sustainability at the event that she is organizing. As the purpose of Free you Closet is to be an event of selling and swapping clothes and accessories between updated women with the new ways of sustainable consumption, I got myself excited to this and I decided to open my closet and let go of some clothing items (by the way, do you remember my first ever post?).

Fui até o meu guarda-roupa e olhei peça por peça, gaveta por gaveta. Algumas eu já sabia que iriam ser escolhidas para a venda, outras resolvi dar a chance de eu tentar usá-las mais uma vez (do contrário, na próxima vez elas serão vendidas) e várias eu experimentei para ver se realmente estavam pequenas demais e estas serão vendidas. Ao todo foram selecionadas 20 peças entre blusas, calças e casacos. / I went to my wardrobe and looked at item by item, drawer by drawer. Some I knew it’d be chosen for the sale, others I decided to give a new chance for trying to use them again (otherwise, the next time they are going to be sold) and I put several of them on to see if they were too small and these will be sold. Altogether 20 pieces were selected from T-shirts, sweaters, pants and jackets.

Para quem está achando tudo isso uma novidade, ela não é. Com o fortalecimento da tendência vintage, cada vez mais mulheres aderem aos brechós ditos de luxo para vender e comprar suas roupas. A prática já é consolidada na Europa e nos Estados Unidos, onde você encontra preciosidades a baixo custo. Concebido pela dupla Cathy Henry e Jérôme Guinet,  o “Free your closet” se configura assim, como pioneiro no Brasil desta tendência de moda e consumo, a dos eventos públicos de venda e troca de roupas. / For those who are finding it all a novelty, it is not. With the strengthening of the vintage trend, more and more women join the thrift, as said of luxury, to sell and buy their clothes. The practice is already consolidated in Europe and the United States, where you find gems at low cost. Concieved by double Cathy Henry and Jérôme Guinet, the Free your closet is configured so far as a pioneer of  this trend of fashion and consumption in Brazil, the public events of sale and swap of clothing.


A primeira série do encontro será dia 12 de setembro, das 11h às 21h no restaurante Chakras (Rua Melo Alves, 294 – Jardins – São Paulo) e reúne roupas e acessórios de 15 mulheres de vários estilos, manequins e idades. As participantes vendedoras como são chamadas as parceiras foram garimpadas na internet, pela rede social Facebook e contaram com um blog para tirar suas dúvidas. As marcas de bolsas Le Recyclé, de lingerie Malu Monteiro e de maquiagem Mary Kay também foram convidadas para este encontro. Venha, renove seu closet, faça novas amizades e contribua para fazer um mundo sustentável. / The first series of the event will be on Sept. 12, in a restaurant located in the city of São Paulo, Brazil and gathers clothes and accessories from 15 women of different styles, sizes and age. These participating vendors were panned on the Internet, through the social network Facebook and counted on a blog to take your questions. The brands of handbags Le Recycle, of lingerie Malu Miller and Mary Kay makeup were also invited to this meeting. Come, renew your closet, make new friends and help to develop a sustainable world.


O desapego de roupas / The clothes detachment

por um vestir consciente / for a conscious clothing

A minha experiência sobre o desapego de roupas / My experience with the clothes detachment

Crédito ao blog Aha
Crédito ao blog Aha

Antes de tudo, o tema do desapego é muito amplo e está muito mais relacionado à cultura oriental do que a nossa, a ocidental. Em sua essência, desapego se relaciona ao ato de desprendimento de coisas, de pessoas e de lugares e isto não tem a ver com o desinteressar-se por tudo isso. Acredito que através do desapego, nos tornamos mais livres, nos permitimos e proporcionamos não somente a nós mesmos, mas também aos outros, ações e experiências de troca, de liberdade e até de consciência. / First of all, the theme of detachment is very broad and is much more related to the Eastern culture than ours, the Western one. In essence, detachment is related to the act of overcoming ones’ attachment to desire for things, people and places and this has nothing to do with the indifference to all of those desires. I believe that through letting go, we become freer, and allow ourselves to provide not only to ourselves but to the others, actions and experiences of exchange, of freedom, and even of conscience.

Por isso, quando fiquei sabendo do flash mob a ser realizado pelo programa “MOB Brasil” do canal Multishow através da artista plástica Adriana Guivo pelo twitter era sobre o desapegar-se de algum item do meu guarda-roupa, pensei que seria uma ótima oportunidade para colocar tal conceito em prática. / So when I found out about the flash mob to be held by the Brazilian TV show called “MOB Brazil” at the “Multishow” channel by artist Adriana Guivo was about letting go of some item in my wardrobe, I thought it was a great opportunity to put this concept into practice.

 MOB Brasil

Afinal, com tantas roupas paradas em um guarda-roupa cheio que não tem mais espaço para mais nada, estava na hora de me desapegar de alguma peça. O item escolhido foi uma pelerine de pele (falsa, é claro!!!) azul, linda, mas que nunca tinha usado porque percebi que não tinha nada a ver comigo. / After all, with so many stuck clothes in a closet that there is no more room for anything else, it was time to let go of some part. The selected item was a blue and beautiful cape made of fake (of course!) fur, which I have never used before because I realized that it had nothing to do with my style.

Então, dia 15 de setembro, fui até a Galeria Nova Barão no centro de São Paulo para participar das filmagens do “Desa(pegue)”, nome escolhido para esta edição do programa. Foi uma experiência incrível que consistiu em um “Escravos de Jó” com peças de roupa e a edição final que foi ao ar ontem, dia 1º de outubro, no canal Multishow às 22h30 ficou bem interessante com os depoimentos dos participantes, a espontaneidade da apresentadora Didi Wagner, os enquadramentos da intervenção e a ida à loja do estilista Marcelo Sommer. Para quem perdeu o programa, tem reprises na sexta às 15h30, domingo às 9h, segunda às 12h30, terça às 4h30 e quinta às 7h. / Then I went to this gallery called “Galeria Nova Barão” in Sao Paulo downtown to participate in the filming of “Detachment”, the name chosen for this edition of the TV show on September 15. It was an incredible experience that consisted of a popular Brazilian song for children called “Slaves of Job” dance with clothes and the final edition was very interesting with the testimony of the participants, the spontaneity of the host Didi Wagner, the frameworks of action and the visit to the store’s designer Marcelo Sommer. This TV show was aired yesterday, on October 1st, at the Multishow channel at 10:30pm. For those who missed the program, reruns will be on the air on Friday at 3:30 pm, on Sunday at 9 am, on Monday at 12:30 pm, on Tuesday at 4:30 am and on Thursday at 7 am.

Porém, o fato que mais chamou a minha atenção foi que esperava várias pessoas participando da mobilização e, o que ocorreu, foi justamente o oposto. E isto nos leva a pensar que as pessoas não estão preparadas para se desapegar de peças de roupas, das coisas, que contenham algum valor simbólico ou emocional muito forte para elas (não foi meu caso, infelizmente, mas a peça que ganhei em troca continha tal valor à antiga dona). E mesmo que o objeto não contenha um valor muito importante, às vezes vale muito mais pena desapegar-se de algum objeto doando-o a alguma instituição ou a alguém dando espaço em seu guarda-roupa ou em sua casa para novos objetos, ou melhor, fazendo-se a troca deles com as pessoas ou até mesmo com os seus amigos. / However, I was expecting many people participating in the mobilization and what happened was just the opposite, so this really caught my attention. And this fact leads us to think about that people are not prepared to let go of items of clothes, things, which contain a strong symbolic or emotional value for them (unfortunately, it wasn’t my case, but the t-shirt that I got in exchange contained such value to the former owner). And even if the object doesn’t have an important value, sometimes is much more worth letting go of some object by giving it to some institution or someone and getting from this space for new objects in your wardrobe or at your home, or rather , making the clothes swap with people or even with your friends.

E você, já se desapegou de alguma roupa? Como foi a experiência? Compartilhe-a. / And you, Have you already detached of some clothes? How was your experience? Share it here, please.