For a Conscious Clothing


Liberando o meu closet / Making my closet free

por um vestir consciente / for a conscious clothing

Evento de venda e troca de roupas / Event of selling and swapping clothes

Estes tempos atrás, Cathy Henry me convidou para falar sobre moda e sustentabilidade no evento o qual ela está organizando. Sendo a proposta do “Free your Closet” de ser um encontro de venda e troca de roupas e acessórios entre mulheres antenadas com as novas formas de consumo sustentável, eu me animei e decidi abrir o meu armário e me desapegar de algumas peças (aliás, se lembram do meu primeiro post?). / A short time ago, Cathy Henry invited me to speak about fashion and sustainability at the event that she is organizing. As the purpose of Free you Closet is to be an event of selling and swapping clothes and accessories between updated women with the new ways of sustainable consumption, I got myself excited to this and I decided to open my closet and let go of some clothing items (by the way, do you remember my first ever post?).

Fui até o meu guarda-roupa e olhei peça por peça, gaveta por gaveta. Algumas eu já sabia que iriam ser escolhidas para a venda, outras resolvi dar a chance de eu tentar usá-las mais uma vez (do contrário, na próxima vez elas serão vendidas) e várias eu experimentei para ver se realmente estavam pequenas demais e estas serão vendidas. Ao todo foram selecionadas 20 peças entre blusas, calças e casacos. / I went to my wardrobe and looked at item by item, drawer by drawer. Some I knew it’d be chosen for the sale, others I decided to give a new chance for trying to use them again (otherwise, the next time they are going to be sold) and I put several of them on to see if they were too small and these will be sold. Altogether 20 pieces were selected from T-shirts, sweaters, pants and jackets.

Para quem está achando tudo isso uma novidade, ela não é. Com o fortalecimento da tendência vintage, cada vez mais mulheres aderem aos brechós ditos de luxo para vender e comprar suas roupas. A prática já é consolidada na Europa e nos Estados Unidos, onde você encontra preciosidades a baixo custo. Concebido pela dupla Cathy Henry e Jérôme Guinet,  o “Free your closet” se configura assim, como pioneiro no Brasil desta tendência de moda e consumo, a dos eventos públicos de venda e troca de roupas. / For those who are finding it all a novelty, it is not. With the strengthening of the vintage trend, more and more women join the thrift, as said of luxury, to sell and buy their clothes. The practice is already consolidated in Europe and the United States, where you find gems at low cost. Concieved by double Cathy Henry and Jérôme Guinet, the Free your closet is configured so far as a pioneer of  this trend of fashion and consumption in Brazil, the public events of sale and swap of clothing.


A primeira série do encontro será dia 12 de setembro, das 11h às 21h no restaurante Chakras (Rua Melo Alves, 294 – Jardins – São Paulo) e reúne roupas e acessórios de 15 mulheres de vários estilos, manequins e idades. As participantes vendedoras como são chamadas as parceiras foram garimpadas na internet, pela rede social Facebook e contaram com um blog para tirar suas dúvidas. As marcas de bolsas Le Recyclé, de lingerie Malu Monteiro e de maquiagem Mary Kay também foram convidadas para este encontro. Venha, renove seu closet, faça novas amizades e contribua para fazer um mundo sustentável. / The first series of the event will be on Sept. 12, in a restaurant located in the city of São Paulo, Brazil and gathers clothes and accessories from 15 women of different styles, sizes and age. These participating vendors were panned on the Internet, through the social network Facebook and counted on a blog to take your questions. The brands of handbags Le Recycle, of lingerie Malu Miller and Mary Kay makeup were also invited to this meeting. Come, renew your closet, make new friends and help to develop a sustainable world.

Advertisements

O atual ambiente vintage / The today’s vintage space

por um vestir consciente / for a conscious clothing

A minha experiência no brechó À La Garçonne / My experience at the vintage store À La Garçonne

Recentemente li um artigo* sobre locais onde o que se vende são contato com memórias de um tempo passado e proximidade com um mundo imaginário que somente tais lugares nos proporcionam quando comparados com a artificialidade dos hipermercados ou shopping centers das grandes cidades. Um destes espaços que me levou a este vínculo com o tal espírito vintage é o brechó À La Garçonne. / Recently I have read an article* about locals where they sell contact with memories of a remote past and proximity to an imaginary world that only in such places offer as compared to the artificiality of hypermarkets and shopping malls of big cities. One of these spaces that led me to this link with the so-called vintage spirit is the thrift store À La Garçonne located in Sao Paulo.

a pequena e retrô vitirne do brechó / the small window display of the vintage store

De uma fachada quase imperceptível do outro lado da rua, adentrei na loja após passar por uma porta antiga de madeira com vidro e aquelas antigas maçanetas, e me deparei com um espaço muito bem organizado e ao mesmo tempo com cheiro de um novo antigo. Parede com tijolos à vista, poltrona coberta com colchas ao estio vovó, espelhos antigos, expositores, mesas, baús, armários e até os cabides das roupas são de madeira que nos remetem a esta atmosfera de um passado remoto. / A facade almost imperceptibly across the street, I entered the store after going through an old wooden door with glass and those old doorknobs, and I came across a very well organized space smelling like a new antique. Wall with exposed brick, an armchair covered with quilts in a grandma style, old mirrors, displays, tables, chests, closets and even the clothes hangers are made of wood that refer to this atmosphere of a distant and yet, touchable past.

Ao ser bem recebida pelos dois vendedores do brechó, descobri que o espaço era maior do que aquele cômodo das roupas femininas. Deixei-me levar pelo clima nostálgico para descobrir os outros quartos da casa. Até quintal com uma deliciosa área verde e cantina para um café o local tem! / As being well received by both vendors of this vintage store, I discovered that the place was larger than that women’s clothing room. Taken by this nostalgic mood, I let me to discover the other rooms of the house. Even the yard with a delightful green area and canteen for a coffee the space has!

o ambiente feminino logo na entrada da loja / the female room as soon as you enter at the store

ainda no mesmo espaço... / still at the same room...

as roupas para as mulheres... / the women's clothing...

...e as carteiras estão lá também / ... and there are the clutches

os homens também tem seu espaço / men have their own room

suas roupas... / their clothing...

... e alguns de seus acessórios / ... and some of their accessories

... e alguns de seus acessórios / ... and some of their accessories

estas camisetas de bandas de rock antigas são exclusivas, só À La Garçonne vende elas aqui no Brasil / only this vintage store sells these old rock bands T-shirts here in Brazil

Entretanto, vamos ao que interessa: não só roupas e acessórios femininos, masculinos e infantis de décadas passadas e garimpadas em Nova York o brechó vende, as marcas contemporâneas D’Arouche, Alcides & Amigos e os produtos Granado tem espaço garantido, assim como o projeto “Pedigree – Adotar é tudo de bom”. Com duração de um ano, a venda das peças doadas pelos embaixadores da causa será revertida em forma de ração para câes abandonados. Alguns nomes destes apoiadores são os estilistas Alexandre Herchcovitch, Glória Coelho, Paulo Borges e Natalie Klein. / However, let’s get to it: not only clothes and accessories for women, men and children of past decades and panned in New York sells the thrift store, but also the brands D’Arouche and Alcides & Amigos and the cosmetic products of Granado. Besides this, the store holds a project – “Pedigree – Adoption is good”. For an year, the sell of donated clothing from the ambassadors will be reversed in order to feed abandoned dogs. Great designers and business people from Brazil are some of the supporters for the cause, such as Alexandre Herchcovitch.

os detalhes, aqui, uma pequena sala de estar com sofá e móveis antigos foi reconstituída neste espaço maior localizado no quintal / the details - a living room with old couch and furnitures in the middle of the covered great room at the backyard

a perfumaria onde os cosméticos Granado estão expostos / a room where the cosmetics of Granado are

neste espaço uma bomboniere de vidro guarda os lenços / in this room, an old glass bomboniere where the scarfs are placed

Inaugurada em dezembro passado e concebida pelo empresário Fábio Souza, a loja resgata um tempo perdido e anuncia que o vintage é a ponte segura entre passado e futuro neste nosso presente incerto. Vale a pena a visita! / Opened last December and conceived by businessman Fabio Souza, the store brings back a lost time and announces that the vintage is a secure bridge between past and future in our uncertain present days. A must see!

*o artigo do qual mencionei se trata do texto “Por uma geopoética de armazéns e refúgios”, escrito pela jornalista e cool hunter Carol Garcia para a revista “dObras” – edição março, 2010. / *the article that I mentioned before is the text “For a geopoetic of warehouses and refuges” (as translated) written by the journalist and cool hunter Carol Garcia for the Brazilian magazine “dObras” – edition of march, 2010.

Temporada eco-fashion / Eco fashion season

por um vestir consciente / for a conscious clothing

A sustentabilidade nas passarelas do SPFW e Fashion Rio / The sustainability at the SPFW and Fashion Rio

Fim de temporada de desfiles aqui no Brasil e a ocasião pede cautela agora. Afinal, dizer quais serão as tendências para o próximo verão não é tarefa fácil. E quando se trata das poucas marcas que apresentaram propostas sustentáveis às passarelas de São Paulo e Rio de Janeiro, tal trabalho se torna mais complicado, pois este tema vai além da própria tendência, sinalizando atitudes e estilo de vida. / It’s end of fashion week shows in Brazil and being careful is the best to do now. After all, to say what will be trends for next summer is no easy task. And when it comes to the few brands that have presented sustainable proposals in their catwalks of Sao Paulo and Rio de Janeiro, this work becomes more complicated as this issue goes further than the trend, signaling attitudes and lifestyle.

Dos temas / The themes

Enquanto os jardins com suas flores e insetos marcaram uma forte presença nas estampas, acessórios e cenários das marcas que se apresentaram no Fashion Rio, o mesma tema floresceu de forma mais gráfica e em tons mais escuros nas passarelas do SPFW. Por outro lado, no cenário paulistano as águas rolaram e a madeira se cravou imponente. / While the gardens with their flowers and insects featured a strong presence in the prints, accessories and scenery of the brands that were presented at Fashion Rio, the same theme bloomed more graphically and in darker shades on the catwalks of SPFW. On the other hand, waters rolled down and wood was nailed impressively at the Sao Paulo scenario.

Em clima de romance, a Espaço Fashion apresentou suas estampas florais e broches em formato de insetos e flores / In a romantic mood, Espaço Fashion presented its floral prints and brooches in shape of insects and flowers

As flores da marca Filhas de Gaia se estenderam para o jardim... / The flowers of the brand Filhas de Gaia were spread in its garden...

... assim como mudas de plantas da Mata Atlântica foram colocadas na passarela da Maria Bonita Extra / ... as well, seedlings from Atlantic Forest were set at the Maria Bonita Extra's catwalk

... assim como mudas de plantas da Mata Atlântica foram colocadas na passarela da Maria Bonita Extra / ... as well, seedlings from Atlantic Forest were set at the Maria Bonita Extra's catwalk

Brincando com o tema, que tal o chapéu-jardim de OEstúdio? / Playing games with the theme, what about the OEstudio's hat that looks like a garden?

Ainda na passarela do Fashion Rio, Mara Mac mostrou a fúria da natureza / Still at the Fashion Rio's catwalks, Mara Mac showed the nature's fury

Em São Paulo, Erika Ikezili apresentou as suas flores em um tom mais escuro / In Sao Paulo, Erika Ikezili presented its flowers in a dark mood

Com a coleção "Oceans", Osklen apresentou... / Osklen presented its collection "Oceans"...

... peças feitas de algodão orgânico tingido naturalmente... / ... clothing items made of organic cotton naturally dyed...

... e, com uma paleta da cor azul em seus diversos tons - do mais claro ao marinho / and, with a blue color palette in its diverse tones - from the most light to marine

Simone Nunes mostrou a sua veia eco-friendly ao colocar madeira de demolição na passarela / Simone Nunes showed her eco-friendly vein as she put demolition wood in her catwalk

Maria Bonita não apenas apresentou roupas feitas de de reflorestamento articuladas em forma de mosaico sobre tecidos, mas também... / Maria Bonita haven't only presented clothes made of reforestation veneer articulated in a mosaic form on tissues, but also...

... peças e acessórios com crochê de palha / ...clothing items and accessories with straw crochet

Dos novos materiais / The new materials

A utilização da técnica do upcycling não é ainda muito comum em terras brasileiras, mas a Redley apresentou bolsas e mochilas feitas a partir de velas de windsurf fora de uso. A grande novidade fica por conta do EcoSimple, um tecido feito 100% com matéria-prima reciclada e resultado de um complexo processo de fabricação e logística. / Using the technique of upcycling is not yet very common in Brazilian lands, but the brand Redley has presented bags and backpacks made from the sails of windsurfers out of use. The great news is on account of EcoSimple, a fabric made of 100% recycled raw material and the result of a complex manufacturing process and logistics.

A bolsa da Redley é umótimo exemplo de upcycling / The bag is a great example of upcycling at Redley

O casaco sem mangas apresentado na passarela masculina do Alexandre Herchcovitch é feito com o tecido EcoSimple / The sleeveless coat presented at Alexandre Herchcovitch's menswear show is made of EcoSimple

As bolsas de praia e os chapéus de crochê da Totem foram feitos com plástico reciclado / The bags and hats of the brand Totem were crocheted with recycled plastic

Do trabalho eco-social / The eco-social work

Integrar comunidades carentes do Brasil afora no processo de produção das roupas e acessórios feitos com materiais reaproveitados e ecológicos, como algodão orgânico, é o grande trunfo da maioria das marcas que se apresentaram sob o conceito de sustentabilidade nas passarelas do SPFW e do Fashion Rio. / Integrating poor communities from all over Brazil in the production of clothing and accessories made with recycled and environmentally friendly materials, such as organic cotton, is the trump card of most brands that showed the concept of sustainability on the catwalks of Fashion Rio and SPFW.

A Têca trabalhou com uma associação de rendeiras de bilro de Natal / The brand Têca worked with an women association located in the city of Natal who made clothes with the technique of bobbin lace

O estilista Walter Rodrigues fez a sua coleção em parceria com ONGs e cooperativas de Pernambuco / THe fashion designer Walter Rodrigues made his collection in partnership with NGOs and cooperatives of Pernambuco state

Ronaldo Fraga foi convidado para participar do projeto "Pernambuco com Design" onde capacitou artesãs deste estado. O vestido de renda renascença foi feito por mulheres da Paraíba. / Ronaldo Fraga was invited to participate in the project "Pernambuco with Design" where trained artisans of this state. The renaissance lace dress was made by women of Paraiba state.

Este vestido feito de algodão orgânico cru e bordado mostra toda a maestria de design artesanal de Ronaldo Fraga / This dress made of raw organic cotton and embroidered shows the full mastery of Ronaldo Fraga's craft design

Juntamente com Ronaldo Fraga e Walter Rodrigues, Tininha da Fonte, estilista da marca de beachwear Movimento, também trabalhou com o projeto "Pernambuco com Design" e... / Along with Ronaldo Fraga and Walter Rodrigues, Tininha da Fonte, the designer of the beachwear brand Movimento, also worked with the project "Pernambuco with Design" and...

... apresentou peças feitas com pele de peixe reaproveitada que criaram um efeito de lascas de madeira / ... presented clothing items made with reclaimed fish skin which created an effect of wood chips

A marca Iódice trabalhou junto a comunidades da Amazônia e apresentou peças feitas com tucumã... / The fashion brand Iódice worked with communities in the Amazon and presented clothing made with tucumã...

... pele de pescada reaproveitada, que aparece nesta foto na bolsa,... / ... reclaimed fish skin, that in this picture is at the clutch,...

... e, cortiça (que é um material retirado da casca da árvore, sem machucá-la ou precisar cortá-la, sendo assim, um processo sustentável) em sapatos e cintos. / ... and, cork (which is a material removed from the bark of the tree without hurting it or need to cut it, so it is a sustainable process) on shoes and belts.

Para mim, o verão vai ser florido com azuis infinitos, fluído como formas orgânicas e, futurista com estruturas sustentáveis. E como vai ser o seu próximo verão? / For me, summer will be blooming with endless blue, fluid as organic forms and futuristic with sustainable structures. And how will be your next summer?

*crédito das imagens a Agência Fotosite

Na Moda do Futuro / At “Moda do Futuro”

por um vestir consciente / for a conscious clothing

Uma tarde na loja sustentável da Danielle Ferraz / One afternoon at Danielle Ferraz’s sustainable store

Sabe aquelas tardes deliciosas na casa de alguém muito querido? Terça-feira passada foi assim! Com uma recepção animada da Danielle Ferraz, jornalista e consultora de moda, eu a apresentei à Daniela Arruda, da Bag for Life. / Do you know those delicious afternoons at a very dear friend’s place? Last Tuesday was so! With a lively reception of Danielle Ferraz, journalist and fashion consultant, I introduced her to Daniela Arruda of the Bag for Life.

From right to left: Daniela Arruda, Danielle Ferraz and I.

Moda do Futuro, a loja criada pela Danielle Ferraz é um refúgio em meio aos caos paulistano. Revestido por materiais reaproveitados, o espaço é o lar para as marcas de moda e acessórios que integram a sustentabilidade em seus processos e negócios. / Moda do Futuro, the store created by Danielle Ferraz, is a haven amid the chaos of São Paulo city. Coated by reused materials, the space is home to the fashion and accessories brands that integrate sustainability into their processes and business.

Moda do Futuro

Acompanhem-me pelas fotos do espaço e das marcas e designers representados. A cada imagem, uma estória observada e um detalhe contado. / Follow me through the photos of the store and the represented brands and designers. In each image an observed story and a pointed detail.

the restored chandelier from 1920s

Este lindo lustre da década de 1920 foi encontrado no lixo de um estacionamento e restaurado. / This beautiful chandelier from the 1920s was found in a parking lot trash and restored.

the upcycled wall made by Arte PET

A parede foi revestida de fuxicos de algodão com flores de PET feitas pela comunidade Arte Pet, da Amazônia, lideradas pela artesã Rosemeire. / The wall was covered with cotton foldings – a Brazilian technique called fuxico – with flowers made of PET by the community called Arte Pet from Amazon. This crafted work was led by the artisan Rosemeire.

a view of Moda do Futuro

Aqui, uma vista da loja. Reparem nestas caixas reaproveitadas e encontradas em feiras e nos móveis feitos de galhos e madeiras que foram recolhidos ou doados e reaproveitados pelo designer Eduardo Miguel. / Here, a view of the store. Notice these reused boxes which were found at fairs and these furniture made of wood and branches that have been collected or donated and reused by designer Eduardo Miguel.

the well conceived rings made of reclaimed wood

O designer Eduardo Miguel também produz estes anéis a partir do descarte madeireiro. O seu diferencial está no seu processo que além do não uso de pregos e produtos químicos, ele dá forma aos seus objetos seguindo e preservando ao máximo as curvas dos galhos, gerando menos resíduos. / The designer Eduardo Miguel also produces these rings from the wasted timber. His differential is in the process that besides the non-use of nails and chemicals, he forms its objects following and preserving the maximum the curves of the branches, generating less waste.

the necklaces made of seeds

A empresária Suzana Rodrigues faz estes colares feitos de sementes do Cerrado. Além do aspecto ambiental de suas matérias-primas, que já são encontradas caídas no chão, o comércio justo permeia todo o seu negócio ao treinar e capacitar detentas, facilitando a sua reinserção ao mercado de trabalho quando soltas. / The businesswoman Suzana Rodrigues makes these necklaces made of Brazilian seeds. Besides the environmental aspect of their raw materials, which are already found lying on the ground, fair trade permeates her entire business to train and empower inmates women to facilitating their reintegration into the labor market when released.

Zero waste at Fê Ronconi's clothes

As roupas e os acessórios da designer Fê Ronconi segue o princípio da reutilização e do lixo zero. / The clothes and accessories of the designer Fê Ronconi follows the principle of reuse and zero waste.

A rewarding social aspect at the brand Refazenda

A marca Refazenda, da estilista Magna Coeli, prioriza as relações sustentáveis. Do lado ambiental, a escolha é por tecidos sem corantes químicos e do lado social, é o fazer artesanal de mais de 35 cooperativas de rendeiras. / The brand called Refazenda, of the designer Magna Coeli, prioritizes sustainable relationships. The environmental side, the choice is for fabrics without chemical dyes and the social side, is the craftsmanship of over 35 cooperatives of women who work with lace clothes.

Maria Lixo: its bags...

...and its accessories made of discarded plastic bags

As bolsas e os acessórios da Maria Lixo são feitas a partir de sacolas plásticas descartadas. / The bags and accessories Maria Lixo are made from discarded plastic bags.

all organic cosmetics

Esta marca brasileira de cosméticos, a Ikove, utiliza apenas produtos orgânicos. / This Brazilian brand of cosmetics, Ikove, uses only organic products.

Após chás, cafés e conversas, a sensação é de novas parcerias se entrelaçando, tornando, assim, os elos da sustentabilidade mais fortes. / After tea, coffee and conversation, the feeling is new partnerships interlacing, thus making the bonds of the sustainability strong.


Do lixo ao luxo / Trash to Treasure

por um vestir consciente / for a conscious clothing

Marca brasileira utiliza o upcycling em seus processos / Brazilian brand uses the upcycling in its processes

A palavra que mais se fala atualmente quando o assunto é sustentabilidade na moda é o upcycling. São incontáveis os designers e estilistas ao redor do mundo que tem aplicado este conceito em seus produtos e projetos. / The famous word today when it comes to sustainability in fashion is upcycling. There are countless fashion designers around the world that has implemented this concept in their products and projects.

Um bom exemplo aqui no Brasil é a designer têxtil Juliana Suarez da sua própria marca Maria Lixo. O carro-chefe são as bolsas confeccionadas a partir de sacolas plásticas provenientes de supermercados e lojas e de embalagens de alimentos. O processo de desenvolvimento envolve técnicas de bordado e aplicação de tecidos, lantejoulas e elásticos coloridos. / A good example here in Brazil is the textile designer Juliana Suarez’s own brand Maria Lixo. The main product are the bags which are made from plastic bags from supermarkets and shops and food packaging. The process involves developing and applying techniques of embroidery fabrics, sequins and colorful rubber bands.

Maria Lixo editorial (credits to Moda do Futuro)

As técnicas utilizadas fazem com que a junção e o fortalecimento da sacola proporcionam um tecido resistente, que se parece com o couro, para a produção de bolsas, carteiras, acessórios (por serem menores, estes são feitos a partir das sobras dos materiais), estofados e itens de decoração. / The techniques used make the junction and the strengthening of the bag providing a sturdy fabric that looks like leather, for the production of handbags, wallets, accessories (as they are smaller, they are made from scraps of materials), upholstered and items of decoration.

 

some handbags: they are colorful and feminine and sustainable made

the other products of Maria Lixo

Com uma produção pequena, modelos exclusivos (tudo o que os atuais consumidores querem!) e uma estética feminina e lúdica com colagens de figuras de flores, pássaros e pessoas que lembram – muito – um patchwork, a Maria Lixo é um luxo. / With a small production, exclusive models (all of what today’s consumers want!) and a feminine and playful aesthetic with collages of pictures of flowers, birds and people which remember – a lot – a patchwork, Maria Lixo is a luxury.


By mutation

por um vestir consciente / for a conscious clothing

A apresentação da marca / The brand’s presentation

De um email e um encontro para a criação de um projeto comum: o ano era 2007 e assim nasceu a marca by mutation. Tamara Tung (diretora comercial) e Gabriela Mazepa (diretora de arte), as fundadoras, se conheceram em Paris e uniram as suas habilidades comerciais e criativas para iniciarem esta marca franco-brasileira. / From an email and a casual meeting to the creation of a mutual project: 2007 was the year and that’s how the label by mutation was born. Tamara Tung (Business Director)  and Gabriela Mazepa (Art Director), the founders, have met each other in Paris and united their creative and commercial skills to begin this french and brazilian brand.

by mutation ad showing the news products

Com o conceito: “A gente gosta do que você não gosta mais”, a by mutation opera contra o acúmulo da superprodução na indústria da moda recuperando fins de série de outras marcas, de brechós  ou peças em excesso do guarda roupa de amigos. Esta matéria-prima coletada se transforma em edições limitadas e coleções de peças únicas que são manufaturadas por ONGs localizadas na cidade do Rio de Janeiro. E usando etiquetas que mostram fotos e contam um pouco da história da peça, o produto chega ao consumidor como uma espécie de Certificado de Origem que atesta todo este processo oferecendo uma nova reflexão sobre o fazer da moda. / With the motto “We like what you don’t like anymore”, by mutation operates against the excessive production in the fashion industry by retrieving end of series of other brands, of flea markets or clothing items in excess of friends’ wardrobe. These collected supplies are transformed in limited editions and unique collections which are manufactured at NGOs of the city of Rio de Janeiro, Brazil. And using tags that show photos and tell us a little bit of the items history, the product comes to the final consumer as a sort of Certificate of Origin which proves this whole process by offering a new thinking about the way we are doing fashion.

the tags: a photo that shows the person who donate its t-shirt and an explicative tag

Ainda desafiando esta passarela, a by mutation utiliza artistas ou bailarinas ao invés de manequins, vídeos e performances no lugar de desfiles para se comunicar e chegar ao público. É com esta ponte entre moda e arte que a marca mostra seu universo lúdico traduzido em colares, golas, vestidos, saias, blusas, entre outros produtos divertidos e diferenciados. / Still challenging this catwalk, by mutation uses artists or dancers rather than mannequins, videos and performances in place of the fashion shows to communicate and reach the public. It is with this bridge between art and fashion that the label shows its playful universe which is translated into necklaces, collars, dresses, skirts, blouses, among other fun and different products.

Atualmente, a marca passa por um processo de mudanças: a essência continuará a mesma, porém a identidade visual mudará. E conta, hoje, com representantes comerciais – sou uma delas* – na cidade de São Paulo. Aguardem novidades aqui em breve! / Currently, the brand is going through a process of change: the essence will remain the same, but the visual identity will change. And it counts in with business representatives – I am one of them* – in the city of Sao Paulo, Brazil. Stay tuned here soon!


The Uniform Project

por um vestir consciente / for a conscious clothing

1 vestido, 365 dias e muita inspiração / 1 day, 365 days and a lot of inspiration

Você usaria o mesmo vestido com um look diferente cada dia durante um ano? Não? Pois foi este o desafio lançado por Sheena Matheiken para ela mesma a ser finalizado dentro de um mês. / Would you wear the same dress in a different look every single day for a whole year? No? Well, this was the challenge taken by Sheena Matheiken which is going to be finished in a month.

Desde maio de 2009, Sheena Matheiken e sua parceira Eliza Starbuck, quem projetou o seu Little Black Dress, estão à frente do The Uniform Project, um projeto (muito) inspirador e, não apenas no sentido de estilo. Tendo o vestido-uniforme como uma tela “branca” à espera de cores, colagens e novos significados, Sheena o enfeita com peças de vestuário feitas à mão, vintage ou recicladas, ou seja, são itens que promovem a sustentabilidade na moda. O resultado destas criações de estilo são looks improvisados, diferentes, desejáveis e criativos. Abaixo, estão os meus três looks preferidos. / Since May of 2009, Sheena Matheiken and her partner Eliza Starbuck, who designed the Little Black Dress, are at the front line of The Uniform Project, a very inspiring project and not only in the sense of style. Promoting sustainability in fashion by wearing this uniform dress as a “white” canvas waiting for colors, collages and new meanings, Sheena accessorizes it with clothing items which are handmade, vintage or recycled. The result of these styled creations are improvised, different and creative looks. Below my favorite ones.

What gets my attention in this look was this upcycled t-shirt turned into a tunic top

This upcycled t-shirt turned into a tunic top gets my attention in this look

The cape reminds me an winter story that looks like a fairy tale

Sheena rocks in this Disco Doherty outfit!

O grande mérito do projeto não são as roupas e os acessórios em si e, sim, o levantamento de dinheiro para a Akanksha Foundation, uma organização não-governamental para a educação de crianças que vivem em condições precárias na Índia. Com o governo indiano gastando uma média de $360 em cada escola pública por ano, Akanksha investe o mesmo valor em cada criança que moram nas favelas para oferecer a elas uma melhor educação. Comovida e engajada, Sheena está doando $1 cada dia durante os 365 dias do The U.P. e convida a todos a participar nesta causa. / The great merit of the Project aren’t the clothes and the accessories themselves and, yes, the fundraising for Akanksha Foundation, a non-profit educational organization for underprivileged childrens in India. With the Indian government spending an average of $360 on each child’s public school year, Akanksha has vowed to spend the same amount on every child in the slums to afford them a better, more holistic education. Sheena is doing her part donating $1 each day during the 365 days of the U.P. and invites everyone to join into the cause.


credits to The U.P.

Com a maratona chegando ao final, duas ações estão em curso: a primeira é a compra da edição limitada de 365 vestidos, cada um representando um dia deste projeto de um ano. Os pedidos começam hoje e cada little black dress custa U$180 dos quais U$30 irão diretamente para a Akanksha. A outra proposta começa amanhã e se trata de um leilão dos incontáveis acessórios doados e usados criativamente por Sheena. Com o espírito do reuso e de impulsionar o levantamento de fundos para a Akanksha Foundation, as criadoras do projeto estão leiloando todas as adoráveis doações – dos chapéus e cintos a calças, saias e sapatos e muito mais. / With the project reaching its final line, two actions are ongoing: the first is the limited edition release of 365 dresses, each representing a day in Sheena’s year long wear-a-thon. They are now available for order and each uniform dress costs $180USD from which $30USD will go directly to the Akanksha Foundation. Starting this Monday in the true spirit of re-use and to further boost the fundraiser for the children of Akanksha, the Accessory Auction is about auctioning off all of the lovely and countless donations; handmade, vintage and designer accessories that Sheena has artfully paired with her little black dress.

Não é a toa que o The Uniform Project fez sucesso ao redor do mundo. Afinal, Sheena provou que com um pouco de criatividade, qualquer acessório bonito pode percorrer um longo caminho. Inspirador, não? / No wonder that The Uniform Project was a success around the world. After all, Sheena has proven that with a little creativity, one fabulous accessory can go a long way. Quite inspiring, no?


As teias sustentáveis da Tarantula / The Tarantula’s sustainable webs

por um falar consciente / for a conscious speaking

A estilista e empresária Chiara inicia projetos de sustentabilidade/ The fashion designer and businesswoman Chiara starts sustainability projects

Dos altos dos seus 1,80m de altura e 38 anos, Chiara Gadaleta Klajmic é modelo, stylist, estilista, designer, consultora de moda, blogueira, apresentadora e empresária. Casada com o fotógrafo Daniel Klajmic e mãe de dois filhos. Mesmo assinando todos estes papéis, agora ela costura um novo ponto: o da sustentabilidade. / With 1.80 m tall and 38 years young, Chiara Gadaleta Klajmic is a model, stylist, fashion designer, fashion consultant, blogger, TV host and entrepreneur. She is married to the photographer Daniel Klajmic and mother of two children. Even signing all these papers, now she sews a new point: the one of sustainability.

Chiara at Kiehl's store

Tarantula, a sua marca de roupas e acessórios exclusivos passa para novos tempos. A produção de roupas sai de linha e Chiara tece manualmente novos fios. Retalhos, linhas e fios dão vida a novas bijoux que são amarradas ao projeto Ser Sustentável com Estilo juntamente com o blog e os Bazares Sustentáveis. Tudo isso empacotado dentro deste ano. / Tarantula, her brand of clothing and accessories passes through to new times. The production of clothes is out of line and Chiara manually weaves new threads. Flaps, lines and threads give life to new costume jewelry that are tied to the project called Being Sustainable with Style together with the blog and the Sustainable Bazaars. All this packaged within this year.

Intuitiva e natural que Chiara é, ela separa esses retalhos das suas coleções passadas e, neste processo de transformação, tudo é objeto de uso, como por exemplo, um pingente de um colar antigo dos anos 70. “Às vezes existem restos de fios que estão todos emaranhados e por não conseguir separá-los, utilizo o ao meu favor”, Chiara diz. / Intuitive and natural that Chiara is, she separates the flaps of her brand’s past collections and in the process of transformation, everything is an object of use, such as a pendant of a necklace belonging to the 70’s. “Sometimes there are remnants of threads that are all tangled and you can not separate them, so I use them to my advantage”, Chiara says.

The eco necklace with the 70's pendant

As roupas saem de cena por não serem sustentáveis, porém o grande estoque dos retalhos das outras coleções permite a Chiara a produção das eco bijoux. Se Chiara não encontrar soluções para a sua produção de roupas ser sustentável e acabar os restos têxteis, ela buscará marcas parceiras para o fornecimento de materiais reaproveitados e reciclados e assim, apenas produzirá as bijoux. / The clothes go out of business because they are not sustainable, but the large stock of flaps from other collections allows Chiara to produce her eco costume jewelry line. If Chiara doesn’t find solutions for her garment production to be sustainable and eventually the textile garbage ends up, she will seek trade partners for the supply of reused and recycled materials and then she will only carry on with the costume jewelry.

Engajada em fazer a diferença na moda pelo viés da sustentabilidade, Chiara alfineta as empresas que atualmente se utilizam do marketing para promover a chamada “moda sustentável” dizendo que esta prática pode dar status, mas acredita que apenas as marcas que possuam uma preocupação verdadeira com o desenvolvimento sustentável, sobrevivam nesse marketing. / As Chiara is committed to making a difference in fashion from the perspective of sustainability, she pricks the businesses that currently use the marketing to promote the so-called “sustainable fashion”, saying that this practice may give status, but she believes that only brands which have a genuine concern with sustainable development will survive in this marketing.

Aliás, para sobreviver neste novo nicho de mercado, o de produtos de moda ecologicamente corretos e socialmente responsáveis, é uma difícil luta. O preconceito das pessoas e a falta de comunicação adequada colaboram para o não conhecimento destes produtos. E esta é a razão do blog “Ser sustentável com Estilo”: ser um canal de comunicação que entre outros assuntos, também trata de promover e difundir a sustentabilidade na moda. / Indeed, to survive in this new market niche, the one of fashion products which are environmentally friendly and socially responsible is a difficult struggle. The prejudice of the people and the lack of proper communication collaborate to the not aware of these products. And this is the reason the blog “Being sustainable with Style” to be a channel of communication which among other issues, also works to promote and disseminate the sustainable fashion.

E é pelo viés social da sustentabilidade que recentemente Chiara se associou à botica (marca de cosméticos) Kiehl’s para apresentar uma edição limitada do produto Ultimate Strength Hand Salve customizado por ela e cujo lucro da venda deste produto será revertido para a Sociedade Viva Cazuza que apoia às vítimas de AIDS. “Esta parceria (com a Sociedade Viva Cazuza) foi uma das várias ações que vamos fazer juntos”, Chiara, a embaixadora da marca aqui no Brasil diz. / And it is from the social aspects of sustainability that Chiara has recently joined to the pharmacy (cosmetic brand) Kiehl’s to present a limited edition of a product called “Ultimate Strength Hand Salve” customized by her. The profit raised from the sale of this product will be reverted to the “Viva Cazuza Society” that supports the victims of AIDS. “This partnership (with the “Viva Cazuza Society”) was one of several actions that we will do together”, Chiara, the Brazilian brand ambassador says.

The product called “Ultimate Strength Hand Salve” customized by Chiara

Com tantos projetos em andamento, como também o trabalho como apresentadora de TV do programa “Tamanho Único” do canal GNT, Chiara impressiona por seu traçado profissional. / With so many projects in progress, Chiara also works as a TV host of the Brazilian program called “Tamanho Único” (translating is “One Size Fits All”). And that’s why Chiara impresses by her professional path.

Nascida em Nápoles, Itália, porém criada em São Paulo, Chiara começou sua trajetória profissional na moda como modelo quando a editora de moda Patrícia Carta (da Revista Casa Vogue) pediu a ela para fazer fotos para um catálogo que ela estava editando. Muito tímida, Chiara relutou, mas Patrícia convenceu-a e seu primeiro trabalho foi um catálogo para Huis Clos com o (fotógrafo) Bob Wolfenson. / Born in Naples, Italy, but raised in São Paulo, Chiara began her career in fashion as a model when the fashion editor Patricia Carta (from Vogue magazine) asked her to take photos for a book she was editing. Very shy, Chiara was reluctant, but Patricia convinced her and her first job was a catalog for Huis Clos (a Brazilian brand) with the photographer Bob Wolfenson.

Já como modelo consagrada dos anos 90, Chiara estudou estilismo no Studio Berçot em Paris. E conta que teve muita sorte de estudar lá, pois foi onde ela se descobriu e que foi aceita exatamente por suas diferenças e seu estilo pessoal. Compartilha também que um momento muito importante da sua carreira foi quando a Marie Rucki (diretora da escola) convidou-a para dar aulas no Berçot. Assim, em 2000 ela ficou quatro meses na escola dando aulas de estilo para 80 pessoas do mundo todo. “Foi um momento inesquecível”, Chiara declara. / As an enshrined model of the 90’s, Chiara studied fashion design at Studio Berçot in Paris. And she accounts that she was very lucky to study there because it was where she was accepted precisely because of her differences and personal style and that she discovered more about herself. She also agrees that a very important moment of her career was when Marie Rucki (the school director) invited her to teach at Berçot. So she spent four months at the school teaching style for 80 people from around the world in 2000. “It was an unforgettable moment,” Chiara says.

De volta para o Brasil, ela começou a trabalhar como stylist e estilista. Em 2006, se torna empresária com o lançamento da sua marca Tarantula. E o ano de 2009, não só a marcou pelo início das suas preocupações com as gerações futuras, seus filhos e com assuntos e questões mais profundas em relação à moda, como também iniciou seu trabalho como apresentadora de TV. / Back to Brazil, she began working as a stylist and designer. In 2006, she becomes entrepreneur with the launch of her brand called Tarantula. And the year of 2009 not only marked the beginning of her concerns about the future generations, her children and the deeper issues about fashion, but she also began working as a TV host.

Envolvida e feliz com todos seus projetos, Chiara aconselha aos novos estilistas e designers adquirirem conhecimento sobre o desenvolvimento sustentável e pensarem que o design é o primeiro passo para a decisão se o produto será ou não sustentável. Dona de um estilo exuberante Chiara diz sempre que são os outros que nos definem e afirma que considera o seu estilo feminino e livre, mas se diverte muito com todas essas etiquetas que colam nela. Ponto para ela. / Involved and happy with all of her projects, Chiara’s advice to new fashion designers is to gain knowledge on sustainable development and to think that design is the first step in deciding whether the product is or not is sustainable. As a possessor of a flamboyant style Chiara always says that are the others who define us and states that she considers her style as feminine and with freedom, but she laughs out loud with all these labels that ones stick on her. Point to her.


4º Bazar sustentável / 4th edition of the Sustainable Bazaar

por um vestir consciente / for a conscious clothing

O Bazar Sustentável chega a sua 4ª edição com palestras e workshops nesta sexta-feira das 10h às 19h na Escola São Paulo. Abaixo, a programação completa. Eu vou, e vocês? / The Sustainable Bazaar comes to its 4th edition with lectures and workshops. It is going to take place this Friday from 10am to 7pm at Escola São Paulo. The complete program is below. I’m attending, and you?

Credits to Escola São Paulo


Bazar sustentável / Sustainable bazaar

por um vestir consciente / for a conscious clothing

E a moda como “upcycling” da sustentabilidade / And the fashion as the “upcycling” of the sustainability

Recentemente ocorreu a 3ª edição do Bazar Sustentável promovido pela designer e stylist Chiara Gadaleta na Escola São Paulo. A proposta consistiu em reunir roupas e acessórios de algumas marcas, como por exemplo, Juliana Jabour, Raphael Falci, Index Jeans e Kosii, que ao invés de terem seu fim no lixo têxtil, tais peças de coleções passadas ou paradas em estoque ganharam preços acessíveis de R$5,00 a R$50,00. / Recently the 3rd edition of the Sustainable Bazaar promoted by the fashion designer and stylist Chiara Gadaleta took place at Escola São Paulo (Sao Paulo School). The proposal was to gather clothes and accessories of some Brazilian brands, such as Juliana Jabour, Raphael Falci, Index Jeans and Kosii, that instead of having its ending as textile waste, such items of clothing of past collections or still in stock gained affordable prices.

Bazar Sustentável - entrada 1

Bazaar entree

Além da presença destas marcas, Chiara Gadaleta aproveitou o evento para lançar a sua linha de acessórios feita a partir de sobras de materiais descartados pela produção em larga escala e é denominada de “Ser sustentável por Chiara Gadaleta”. São colares lindos que chamam a nossa atenção mesmo vistos de longe e, sendo produzidos artesanalmente ganham o status de peça única. / Besides the presence of these brands, Chiara Gadaleta used the event to launch its line of accessories made from scraps of discarded materials by large-scale production and it is called “Being sustainable by Chiara Gadaleta”. They are beautiful necklaces that draw our attention even when they are seen from afar and, being produced by craftsmen they earn the status of unique.

Bazar Sustentável - look 1

Chiara's necklace

Bazar Sustentável - look 3

Chiara's necklace

Ambas as iniciativas são meios de consumo consciente. De um lado, temos as roupas as quais têm a oportunidade de serem, finalmente, usadas. Aliás, é bom lembrar que esta prática de revenda de roupas e acessórios das grifes não é novidade e, pelo menos aqui em São Paulo, as lojas outlets e os bazares (como por exemplo, o Q!Bazar) são exemplos que atestam este tipo de ação. A pergunta que fica, então, é: qual é o destino das roupas e dos acessórios que não são vendidos mesmo nestas ações? Eles são levados ao lixo têxtil e queimados? Ou eles são doados, reutilizados e reciclados para serem transformados em outros produtos? À exemplo dos colares da linha “Ser Sustentável”, refugos de tecidos e outros materiais descartados são reaproveitados e transformados em um produto exclusivo e mostram que sempre há possibilidades de aumentar o ciclo de vida de um produto. / Both initiatives are means of conscious consumption. On one hand, we have the clothes which have the opportunity to be finally used. Moreover, it is worth remembering that the practice of resale clothes and accessories of brands is not new and, at least here in Sao Paulo, shops and the bazaar outlets (eg, Q! Bazaar) are examples that prove this type action. Then the question that remains is: what is the destination of the clothes and accessories that are not sold even in these actions? Are they taken to the textile landfills and burnt? Or are they donated, reused and recycled to be transformed into other products? In the case of necklaces the line “Being sustainable by Chiara Gadaleta”, fabric scraps and other discarded materials are recycled and transformed into a unique product and they show that there is always possibilities for increasing the life cycle of a product.

Bazar Sustentável - roupas

Clothes to sell at the bazaar

Bazar Sustentável - vista 1.2

Shoppers at the bazaar

Mais interessante que o bazar, foi o bate-papo sobre moda sustentável com Chiara e Denise Chaer, da Comunicação Orgânica. Entre os mais variados assuntos abordados como os pilares do desenvolvimento sustentável (economia, sociedade, meio ambiente e cultura), tecidos naturais e orgânicos, marcas e estilistas que trabalham com este conceito de sustentabilidade na moda e, o mais interessante, o conceito de “upcycling” (do qual fui apresentada). / More interesting than the bazaar was the chat about sustainable fashion with Chiara Gadaleta and Denise Chaer, from the company Comunicação Orgânica (“Organic Communication”). Among the various issues raised as the pillars of sustainable development (economy, society, environment and culture), natural and organic fabrics, brands and designers who work with the concept of sustainability in fashion and, most interestingly, the concept of “upcycling” (which I was introduced).

Bazar Sustentável - Chiara e Denise 2

Denise Chaer and Chiara Gadaleta (right)

Upcycling” é um conceito criado por William McDonaugh e Michael Braungart (autores do livro “Cradle to Cradle”) que significa o processo de transformação de algo que é descartável em algo de maior uso e valor. Em outras palavras, é mais que um processo de reciclagem, pois o “upcycling” envolve além das questões ambientais (como redução de consumo de matérias-primas, da poluição, e entre outras), o fato de o material/produto transformado ter um valor igual ou superior ao seu valor inicial. / “Upcycling” is a concept created by William McDonaugh and Michael Braungart (authors of the book “Cradle to Cradle”) which means the transformation of something that is disposable into something of greater use and value. In other words, it is more than a recycling process, as the “upcycling” involves addition of environmental issues (such as reducing consumption of raw materials, of pollution, and others), the fact that the material and/or product processed have a value equal to or higher than its initial value.

Neste sentido, a moda pode cumprir um papel importante como “upcycling” da sustentabilidade. Com a democratização e a pluralidade cada vez maior da moda, faz-se necessário difundir práticas que levem em consideração este conceito aplicado em roupas, acessórios e joias. Um exemplo é a customização de roupas (vejam o post anterior) na qual a finalidade é ter uma roupa com um valor de design igual ou maior que o inicial (é claro que a customização que fiz foi a primeira e espero que venham melhores soluções!). / In this sense, fashion can play an important role as the “upcycling” of sustainability. With the growth of democratization and plurality in fashion, it is necessary to disseminate practices that take into account this concept applied to clothing, accessories and jewelry. An example is the customization of clothing (see the previous post) in which the aim is to have a item of clothing with a design value equal to or greater than the original one (of course, the customization I did was the first and I hope I will come up with best solutions!).