For a Conscious Clothing


Category Archive

The following is a list of all entries from the Eventos / Events category.

Closet da Mel / Mel’s Closet

por um vestir consciente / for a conscious clothing

Minha visita a este brechó de luxo / My visit to this luxury thrift store

Vocês sabem o quanto adoro garimpar as minhas novas roupas em brechós e bazares, certo? / Do you know how much I like to find my new clothes in thrift shops and bazaars, right?

Para quem não sabe, o Closet da Mel é um brechó com seleção das marcas de luxo tanto nacionais quanto internacionais. Na verdade, é mais um evento que ocorre com certa periodicidade, pois as peças vêm diretamente do armário de Maria Eny Lacerda, uma senhora carioca paulistana que resolveu se desfazer de uma parte do seu guarda-roupa. / For those who do not know, “Mel’s Closet” is a thrift store with a selection of luxury brands both national and international. In fact, it’s an event that occurs with some frequency, as the clothing items come directly from the closet of Maria Eny Lacerda, a lady who decided to let go a part of your wardrobe.

Depois de várias edições em Amparo (cidade perto de Campinas – SP), Cathy Henry organizou a última edição deste brechó de luxo em São Paulo neste último sábado. E claro que fui dar uma olhada e quem sabe, garimpar umas peças de roupa. / After several editions in Amparo (a city near to São Paulo), Cathy Henry organized the last edition of this luxury thrift store in São Paulo this past Saturday. Of course, I took a look and who knows, getting some clothes.

Em meio a Ronaldo Lourenços, Maria Garcias, Oscar de La Rentas e outras marcas conhecidas e outras nem tanto assim, a impressão é a de você estar entre bons achados. Muitos deles já foram tendência (que pode voltar) ou são clássicos que valem a pena ter no closet por um preço bem abaixo de seus valores iniciais e acessíveis quando se compara o preço dos lançamentos, incluindo até itens de fast-fashions. / Amidst Ronaldo Lourenço, Maria Garcia, Oscar de la Renta and other well-known brands and some not so, the impression is that you’re among good findings. Many of them had already been a fashion trend (which may come back) or are classics that are worth to have in the closet for a lower price than their initial values ​​and are affordable when you compare the price of the new clothing releases, even including items from fast fashions.

Closet da Mel

Cathy Henry: a organizadora / the organizer

Além da venda de roupas e acessórios pertencentes ao Closet da Mel, o evento também contou com o lançamento da marca LAC, especializada em camisas brancas. As sócias Cecília e Luciana Capobianco e o estilista Alex Kazuo vem com a proposta de que este item tão importante no closet feminino precisa ganhar ousadia e sofisticação no seu design. / Besides selling clothes and accessories belonging to “Mel’s Closet”, the event also featured the launching of a brazilian brand called LAC which is specialized in white shirts. The partners Cecilia and Luciana Capobianco with designer Alex Kazuo come with the proposal that this item so important in the women’s closet needs to gain boldness and sophistication in its design.

A equipe da marca LAC / the LAC's team

As camisas brancas / The white shirts

Acredito que garimpar itens que faltam em seu guarda-roupa em brechós vale a ida não só pela questão monetária, mas também por garantir a continuação da história de uma peça de roupa, seja ela ou não de marca, e por ter no armário itens únicos. / I think that finding clothing items missing in your wardrobe at thrift stores worth the visit not only because of the monetary issue, but also for ensuring the continuing story of a garment, whether or not the brand, and for having unique items in the closet .

Advertisements

Fashion Rio x Oslo Fashion Week

por um vestir consciente / for a conscious clothing

Peles verdadeiras: o primeiro cria polêmica, o outro bane. / True fur:  the first event creates controversy, the other, bane

A temporada outono/inverno da moda brasileira mal começou e as luzes nas passarelas de alguns desfiles do Fashion Business – evento paralelo à Fashion Rio – foram jogadas para gerar uma polêmica ambiental: o uso de peles verdadeiras. / The fall/winter season of Brazilian fashion has barely begun and the lights on the catwalks of some shows from the Fashion Business – side event at the Fashion Rio – were thrown to generate an environmental controversy: the use of real fur.

Carlos Miele, que usou raposa e coelho; Patrícia Vieira, que apresentou roupas de pele de cabra e de coelho, e Victor Dzenk, com peles de chinchila tingidas de rosa, vermelho e azul foram os três estilistas que apresentaram tais propostas nada ecologicamente corretas e provocaram reações diversas de fashionistas. / Carlos Miele, who has used fox and rabbit, Patricia Vieira, who made clothes of goat skin and rabbit, and Victor Dzenk with chinchila fur dyed in pink, red and blue were the three designers who have presented no such eco-friendly proposals and provoked mixed reactions from the fashionists.

Carlos Miele

Patrícia Vieira

Victor Dzenk

A controvérsia tem sua razão: não faz sentido o uso de peles verdadeiras em um país, como o Brasil, onde o inverno apresenta temperaturas amenas. Além do fato dos maus tratos a que esses animais são submetidos, que incluem eletrocussão, pauladas, estrangulamento até a própria morte, e das peles sintéticas serem mais leves, práticas para cuidar e substituírem muito bem as “suas irmãs” verdadeiras. / The controversy has its reason: it makes no sense to use real fur in a country like Brazil, where winter has mild temperatures. Besides the fact that the mistreatment of those animals are forced to, including electrocution, beating, strangulation and death itself, and synthetic furs are lighter, easier to care and replace very well the real ones.

Irônico dizer então que em um país aonde as temperaturas chegam a menos 40ºC resolvesse banir o uso de peles verdadeiras nas suas passarelas. E foi justamente o que a Noruega fez! A partir de fevereiro, qualquer pele desfilada na Oslo Fashion Week será estritamente metafórica. Segundo o site Ecouterre, esta ação foi possível graças ao trabalho duro de Mote Mols Pels, uma iniciativa de moda contra pele (Fashion Against Fur), que “recebeu o apoio de mais de 220 insiders da indústria de moda norueguesa que se recusam a trabalhar com pele”. / Ironic then to say that in a country where temperatures reach minus 40°C resolved to ban the use of real fur on their catwalks. And that was precisely what Norway has done! From February, any fur that flies at Oslo Fashion Week will be strictly metaphorical. According to the site Ecouterre, this action was made possible thanks to the efforts of Mote Mols Pels, an initiative of Fashion Against Fur, which “has received the support of more than 220 Norwegian fashion industry insiders who refuse to work with fur”.

Com esta atitude, a Noruega se torna o primeiro país do mundo a proibir o uso de peles nas suas passarelas e mostra um esforço de aumentar os valores éticos e ecológicos tão em falta na moda e, quem sabe, um exemplo a ser seguido. / With this attitude, Norway becomes the first country to ban the use of fur in their catwalks and shows an effort to raise the ethical and ecological values missing in fashion and, perhaps, an example to be followed.

A depender deste início de temporada fashion, deu-se um passo, ou melhor, um ponto sem nó em direção a uma costura consciente da moda brasileira. / Depending on the beginning of this fashion season, a step, or rather a point of no node was woven in the direction of a conscious Brazilian fashion.

+ sobre a tendência / + about the trend

É interessante notar que a volta das peles não é ao acaso, afinal ela é explicada historicamente. Assim como após a Grande Depressão, em 1929, o período que se sucede a uma crise, é de glamour e opulência. / Interestingly, the return of fur is not by chance, after all it is explained historically. Like after the Great Depression in 1929, the period that follows a crisis, it’s glamor and opulence.

Esta tendência do uso de peles verdadeiras, que apareceu nas temporadas internacionais e já é visível em vitrines da Europa (como bem observou a jornalista Danielle Ferraz), ressurge como símbolo de status de um luxo opulento após a crise econômica de 2008 e, depois de um momento em que o uso de pele animal havia diminuído por conta dos apelos dos ambientalistas e da cultura eco-friendly. Grifes, como Chanel e Stella McCartney, se comprometeram em não incluir mais pele verdadeira em suas coleções. / This trend of using real furs, which appeared in international seasons and is already visible in windows of Europe (as well noted by Brazilian fashion journalist Danielle Ferraz), emerges as a status symbol of opulent luxury after the 2008 economic crisis, and after a time when the use of animal skin had declined on account of demands of environmentalists and eco-friendly culture. Brands such as Chanel and Stella McCartney, have pledged not to include more real fur in their collections.

Vitrine da Gucci: "revival" de peles verdadeiras nas coleções das grifes de luxo / Gucci window: return of true fur at the luxury brands' collections

Acessórios: bolsas, botas, estolas, golas...todas as possibilidades em voga / Accessories: bags, boots, stoles, collars... all the possibilities in fashion

Com este retorno das peles verdadeiras, a questão do seu uso volta na pauta do dia da moda. Como em toda discussão, existem os dois lados, pois os argumentos são mais profundos do que apenas os apresentados anteriormente (mas não é o caso aqui entrar em detalhes). Os sintéticos não são produtos derivados do petróleo? Não existem outros métodos de produção mais ecologicamente corretos que justificariam o uso de tais itens? E se existe mercado, é porque existem consumidores. Estas são apenas algumas perguntas a serem levantadas e pesquisadas. / With the return of real fur, the question of its use backs on the agenda of fashion. As in any discussion, there are two sides, because the arguments are deeper than just those presented earlier (but it’s not the case here to go into details). Are the synthetics not petroleum products? Are there no other methods of production greener that justify the use of such items? And if there is a market, it is because there are consumers. These are just some questions to be raised and investigated.

Seja qual for a sua posição em relação a este tema, saiba antes o que exatamente você está consumindo. A discussão está aberta! / Whatever your position on this issue, you better know in advance what exactly you are consuming. The discussion is open!

 

*Créditos de imagem / Image credits
via flickr do Fashion Business
via Danielle Ferraz

Sustenta Moda

por um tecer consciente / for a conscious weaving

O novo evento para discutir a sustentabilidade na moda / A new event to discuss the sustainability in fashion

É com prazer que eu apresento a vocês o Sustenta Moda! Concebido pelas sócias da Bag for Life, Daniela Arruda e Iva Cardinal, o evento tem por objetivo inicial ser um ciclo de palestras para discutir a sustentabilidade na moda e focado para estudantes. /It is with pleasure I present you Sustenta Moda (or I should say Fashion Sustains, in free translation)! Conceived by Bag for Life‘s partners, Daniela Arruda and Iva Cardinal, the initial objective’s event is to be a cycle of lectures for discussing sustainability in fashion e it’s focused on students.

Um blog foi criado e, para tecer o mesmo, Alice Lobo, Danielle Ferraz e eu fomos convidadas. Aguardem por novidades e reportagens sobre esse assunto – sustentabilidade e o universo relacionado à moda – além do evento em si. A data já foi escolhida: 5 de novembro (Dia do Design). A razão desta escolha é a vontade do Sustenta Moda de mostrar a todos que a moda do futuro tem estilo, personalidade e respeita os recursos finitos do planeta e os seus habitantes. O novo tecido já começou. Vamos nos juntar e tecer esta moda do futuro? /A blog was created and, to weave it, the fashion journalists Alice Lobo and Danielle Ferraz and I were invited. So watch for news and reports about this topic – sustainability and the universe related to fashion – beyond the event itself. The date has already been chosen: on November 5th (Day of Design). The reason for this choice is the will of Sustenta Moda to show everyone that the future of fashion is about style, personality and respects the finite resources of the planet and its inhabitants. The new fabric has already begun. Would you come join us and weave the future of fashion?


Liberando o meu closet / Making my closet free

por um vestir consciente / for a conscious clothing

Evento de venda e troca de roupas / Event of selling and swapping clothes

Estes tempos atrás, Cathy Henry me convidou para falar sobre moda e sustentabilidade no evento o qual ela está organizando. Sendo a proposta do “Free your Closet” de ser um encontro de venda e troca de roupas e acessórios entre mulheres antenadas com as novas formas de consumo sustentável, eu me animei e decidi abrir o meu armário e me desapegar de algumas peças (aliás, se lembram do meu primeiro post?). / A short time ago, Cathy Henry invited me to speak about fashion and sustainability at the event that she is organizing. As the purpose of Free you Closet is to be an event of selling and swapping clothes and accessories between updated women with the new ways of sustainable consumption, I got myself excited to this and I decided to open my closet and let go of some clothing items (by the way, do you remember my first ever post?).

Fui até o meu guarda-roupa e olhei peça por peça, gaveta por gaveta. Algumas eu já sabia que iriam ser escolhidas para a venda, outras resolvi dar a chance de eu tentar usá-las mais uma vez (do contrário, na próxima vez elas serão vendidas) e várias eu experimentei para ver se realmente estavam pequenas demais e estas serão vendidas. Ao todo foram selecionadas 20 peças entre blusas, calças e casacos. / I went to my wardrobe and looked at item by item, drawer by drawer. Some I knew it’d be chosen for the sale, others I decided to give a new chance for trying to use them again (otherwise, the next time they are going to be sold) and I put several of them on to see if they were too small and these will be sold. Altogether 20 pieces were selected from T-shirts, sweaters, pants and jackets.

Para quem está achando tudo isso uma novidade, ela não é. Com o fortalecimento da tendência vintage, cada vez mais mulheres aderem aos brechós ditos de luxo para vender e comprar suas roupas. A prática já é consolidada na Europa e nos Estados Unidos, onde você encontra preciosidades a baixo custo. Concebido pela dupla Cathy Henry e Jérôme Guinet,  o “Free your closet” se configura assim, como pioneiro no Brasil desta tendência de moda e consumo, a dos eventos públicos de venda e troca de roupas. / For those who are finding it all a novelty, it is not. With the strengthening of the vintage trend, more and more women join the thrift, as said of luxury, to sell and buy their clothes. The practice is already consolidated in Europe and the United States, where you find gems at low cost. Concieved by double Cathy Henry and Jérôme Guinet, the Free your closet is configured so far as a pioneer of  this trend of fashion and consumption in Brazil, the public events of sale and swap of clothing.


A primeira série do encontro será dia 12 de setembro, das 11h às 21h no restaurante Chakras (Rua Melo Alves, 294 – Jardins – São Paulo) e reúne roupas e acessórios de 15 mulheres de vários estilos, manequins e idades. As participantes vendedoras como são chamadas as parceiras foram garimpadas na internet, pela rede social Facebook e contaram com um blog para tirar suas dúvidas. As marcas de bolsas Le Recyclé, de lingerie Malu Monteiro e de maquiagem Mary Kay também foram convidadas para este encontro. Venha, renove seu closet, faça novas amizades e contribua para fazer um mundo sustentável. / The first series of the event will be on Sept. 12, in a restaurant located in the city of São Paulo, Brazil and gathers clothes and accessories from 15 women of different styles, sizes and age. These participating vendors were panned on the Internet, through the social network Facebook and counted on a blog to take your questions. The brands of handbags Le Recycle, of lingerie Malu Miller and Mary Kay makeup were also invited to this meeting. Come, renew your closet, make new friends and help to develop a sustainable world.


Comportamento Verde / Green Behavior

por uma conversa consciente / for a conscious conversation

As minhas considerações sobre o tema / My considerations about this theme

Ontem começou o terceiro ciclo de encontros mensais promovidos pelo Estadão e a Livraria Cultura para discutir temas contemporâneos, sendo a sustentabilidade, a questão do mês. A mesa redonda mediada por Rodrigo Villela (editor) e formada por Ligia Krás (analista de tendências, Mindset/WGSN), Marussia Whately (arquiteta e ambientalista) e Beth Furtado (psicóloga, sócia da Alia Consultoria e Marketing) debateu sobre “Comportamento Verde: a etiqueta do século 21”. / Yesterday began the third cycle of monthly meetings promoted by newspaper Estadão and the bookstore Livraria Cultura to discuss contemporary themes as being sustainability the question of the month. Former editor Rodrigo Villela mediated the conversation which was formed by Lígia Krás (trends analyst, Mindset/WGSN), Marussia Whately (architect and environmentalist) and Beth Furtado (psychologist, partner of Alia Marketing & Consulting) and they discussed about “Green Behavior: the etiquette of 21th century”.

 

From left to right: Marussia Whately, Beth Furtado, Rodrigo Villela and Lígia Krás

 

E afinal, o que vem a ser este novo comportamento? Quais são estas atitudes que a sociedade deverá adquirir? Como bem pontuou Beth Furtado, as mudanças já passaram da “fase da paixão” e, a partir de agora, os padrões de comportamento deverão ser mudados “pela dor”, ou seja, por forças coercivas, como as leis. Porém, concordo com Lígia Krás quando defende que as ações em prol ao meio ambiente não são bem executadas quando se há o sentimento de culpa, do fardo. E por esta razão, a moda tem um papel importante e positivo a desempenhar para a sustentabilidade (algo que defendo desde os primeiros posts deste pequeno grande blog). / And what is this new behavior after all? Which are these attitudes that society will have to earn? As well pointed by Beth Furtado, the changes have already spent the “phase of passion”, and from now on, the patterns of behavior should be changed “by grief”, or by coercive forces, such as laws. However, I agree with Ligia Krás to claim that the actions towards the environment are not well run when there is the feeling of guilt, the burden. And that is why fashion has an important and positive role to play in sustainability (something that I advocate since the first posts of this great little blog).

Colocado isto, se a máxima “ser sustentável está na moda” é verdade, então duas considerações devem ser levadas: se por um lado o “estar na moda” contribui de certa forma para a “banalização da sustentabilidade”, por outro, e levando em consideração que o significado da palavra ‘moda’ tem muito mais a dizer sobre o modo de expressão e de comportamento de uma determinada cultura e época, então a ‘moda’, no seu sentido de indumentária, colabora(rá) para o desenvolvimento de um novo “mundo melhor para todos sempre”. / Putting it, if the maxim “to be sustainable is trendy” is true, then two considerations should be taken: if on one hand “being fashionable” in some way contributes to the “banality of sustainability”, the other, and taking into consideration that the meaning of the word ‘fashion’ has much more to say about the mode of expression and behavior of a particular culture and time, then the ‘fashion’ in the sense of clothing, (will) works for the development of a new and “better world for everyone forever”.

E a ‘moda’ está estritamente relacionada às mudanças. Sendo assim, algumas questões foram levantadas na sabatina de ontem: a do excesso de consumo que tem como símbolo as redes de ‘fast fashion’, pois se elas trocam a coleção das lojas a cada semana é porque existe um consumidor ávido pelas rápidas tendências da moda; a do mercado de luxo e o seu contraponto com o crescimento das classes populares; a do papel mais ativo a ser desempenhado tanto pelo governo quanto pelo consumidor e; a da confusão que as inúmeras certificações nos produtos causam para os consumidores. / And the ‘fashion’ is strictly related to the changes. Thus, some questions were raised in the hearings from yesterday: the excess of consumption that has as symbol the ‘fast fashion’ companies, because if they change their collection in stores each and every week, it is because there is an avid consumer by rapid fashion trends; the luxury market and its counterpoint with the growth of the popular classes; the more active role being played by both the government and the consumer; and the confusion of the numerous certifications in products cause to consumers.

Então, como certas mudanças de comportamento ocorrerão através da moda? Com o mercado de luxo se tornando cada vez mais simples e menos ostentador, o ter ‘menos’ e ser ‘mais’ modifica as pessoas no sentido de elas buscarem e valorizarem mais as experiências do que os produtos em si. Porém, esta classe social procura hoje isto, por estar cansada dos seus excessos, e o contrário ocorre com as classes populares que começaram a ter o acesso ao consumo recentemente. Diante deste paradoxo social, o que fazer? Dizer a esta classe a não consumir quando elas finalmente podem se ‘dar ao luxo’ do consumo? Através da moda, quebram-se os paradigmas. Criar alternativas, como por exemplo, o incentivo da compra de roupas de brechó. Sim, quebrar o preconceito das pessoas quanto a este tipo de roupa. Por que não? Afinal, tem algo mais ‘vintage’ do que a própria roupa do brechó? / So how will certain changes in behavior occur through fashion? With the luxury market becoming simpler and less ostentatious, the rich people seek and value more the experiences than the products themselves, so their new statement is to have ‘less’ and to be ‘more’. However, with this social class getting tired of its own excesses and that’s why it demands an exclusive and yet, a simple life today, the opposite occurs with the popular classes who have just begun having access to consumption recently. By giving this social paradox, what is there to be done? Telling this social class not to consume when they finally can afford consumption? Paradigms are shattered through fashion. Creating alternatives, such as encouraging the purchase of clothing at thrift stores. Yes, to break the prejudice of the people on this type of clothing. Why not? After all, is there something more vintage than the actual clothing of this kind of store?

E os produtos, de moda ou não, passaram a levar em suas embalagens vários nomes: orgânico, natural, entre outros que os caracterizam como “verdes”. Cuidado! Tudo o que aparenta ser, nem sempre, de fato, é. E isto tem um nome: é a prática empresarial do ‘greenwashing’ (“lavagem verde”, em livre tradução). Cabe a nós, consumidores, a identificar os verdadeiros produtos “verdes”. Cabe ao governo a implementar políticas públicas para punir as empresas que não cumprirem as normas da sustentabilidade e a fazer a correta certificação dos produtos. E cabe às empresas a assumirem a verdadeira responsabilidade social e ambiental. / And the products, as being fashion or not, have begun to take in their packs several labels: organic, natural, and others that characterize them as “green”. Beware! Everything appears to be, not always, in fact, is. And it has a name: it is the business practice of ‘greenwashing‘. It is up to us as consumers, to identify true “green” products. It is for the government to implement public policy to punish companies that do not meet the standards of sustainability and to make the correct certification of products. And it is for companies to assume the true social and environmental responsibility.

Diante destas encruzilhadas que a sociedade enfrenta, as palestrantes são otimistas quanto ao nosso futuro comum. Através da educação e da informação, o seu acesso e compartilhamento nas redes sociais, esta mudança cultural ocorrerá se não nesta, nas próximas gerações, pois mais importante que a adaptação dos novos hábitos é ser natural diante deles, como já bem mostram as crianças. / With these crossroads facing society, the lecturers are optimistic about our common future. Through education and information, its access and sharing in social networks, this cultural change will occur if not in this, but the next generations. And more important than the adaptation of new habits is acting natural before them as well show the children.


Copa consciente / Conscious world cup

por um evento consciente / for a conscious event

Duas campanhas de conscientização no evento mundial de futebol / Two campaigns for awareness at the soccer world event

Você já deve ter vestido a sua antiga camiseta verde e amarela e adquirido outros produtos ecológicos para entrar no clima de Copa de Mundo. Agora, se você pensa que a sua torcida é apenas para o time brasileiro, melhor saber sobre estas duas campanhas de conscientização e participar com apenas alguns cliques. / You have already wore your old t-shirt in your country’s colors and purchased other eco products to get in the mood for the World Cup. Now, if you think that you are only fan of your country team, you better know about these two campaigns for consciousness and take action with few clicks.

PLAY FOR LIFE

Com o objetivo de arrecadar fundos para financiar projetos africanos que cuidem da biodiversidade, foi desenvolvida a Play for Life (“Jogando pela vida”), uma parceria da PUMA com a UNEP (Programa de Meio Ambiente das Nações Unidas). / With the objective of raising funds to finance african projects that take care of the biodiversity, it was developed the Play for Life, a PUMA partnership with UNEP (United Nations Environment Program).

Play for Life ad

A campanha consiste na venda de pulseiras e camisetas do “Africa Unity Kits”, que são os uniformes criados para os quatro times africanos classificados para a Copa do Mundo os quais são patrocinados pela marca PUMA. A inspiração para o kit veio da mistura do solo da Costa do Marfin, Argélia, Africa do Sul e Camarões junto com o sol e o céu africano. / The campaign consists of sales of lacelets and t-shirts of “Africa Unity Kits” which are the uniforms created to the four classified african teams at the World Cup. These teams are sponsored by PUMA and the inspiration for the kit has come from mixing the soil of Ivory Coast, Algeria, South Africa and Cameroon together with the African sun and sky.

The Africa Unity kit t-shirts

O dinheiro arrrecadado das vendas destes produtos irá para financiar três dos seis projetos nominados e as duas instituições (PUMA e UNEP) contam com a ajuda do público na escolha dos mesmos. Com apenas um voto no Facebook, você pode escolher o projeto que mais lhe agrada. Os três mais votados serão os beneficiados pela campanha. / Proceeds from the sale are being donated to three of six nominated projects and the two institutions (PUMA and UNEP) are counting on the public help. With a vote at Facebook, you can choose the project that you most like. The three most voted projects will be the ones which will be benefitted by the campaign.

NIKE(RED)

A Fundação RED, em parceria com a Nike, apresentou os cadarços vermelhos que serão vendidos nas lojas da empresa americana em todo o mundo. O dinheiro arrecadado será usado em prol dos portadores do HIV na África. / The RED Foundation, in partnership with Nike, has presented the red shoelaces which will be sold at the stores of the brand around the world. The raised money will be used in support of HIV people in Africa.

Nike(RED)

Para a Copa do Mundo, a Nike se juntou a jogadores do futebol, como por exemplo Didier Drogba, para veicular vídeos sobre a campanha de combate à AIDS e convocar o público a participar. Utilizando as redes sociais, qualquer pessoa pode ajudar na divulgação: compartilhando os vídeos, escrevendo no twitter com a hashtag #EndAIDS e no aplicativo “Nike Future” do Facebook, a sua resposta para a pergunta “Quem escreverá o futuro?” é mostrada no topo de um dos prédios mais alto de Johannesburgo. / For the World Cup, Nike has come together with some soccer players, as Didier Drogba, to propagate videos about the campaign of ending AIDS and to convocate the public to participate. Using the social medias, anyone can help in spreading the word: sharing the videos, writing at twitter with the hashtag #EndAIDS and at an applicative of Facebook – “Nike Future”, your answer for the question “Who will write the future” is shown at the top of one of the tallest buildings of Johannesburg.

The building where your headline will be shown

Compre um destes produtos de moda e/ou participe das campanhas. Eu já fiz a minha parte. E você, não vai torcer para um mundo melhor? / Purchase one of these fashion products and/or take action in these campaigns. I’ve done my action. And you, are you not going to root for a better world?


Temporada eco-fashion / Eco fashion season

por um vestir consciente / for a conscious clothing

A sustentabilidade nas passarelas do SPFW e Fashion Rio / The sustainability at the SPFW and Fashion Rio

Fim de temporada de desfiles aqui no Brasil e a ocasião pede cautela agora. Afinal, dizer quais serão as tendências para o próximo verão não é tarefa fácil. E quando se trata das poucas marcas que apresentaram propostas sustentáveis às passarelas de São Paulo e Rio de Janeiro, tal trabalho se torna mais complicado, pois este tema vai além da própria tendência, sinalizando atitudes e estilo de vida. / It’s end of fashion week shows in Brazil and being careful is the best to do now. After all, to say what will be trends for next summer is no easy task. And when it comes to the few brands that have presented sustainable proposals in their catwalks of Sao Paulo and Rio de Janeiro, this work becomes more complicated as this issue goes further than the trend, signaling attitudes and lifestyle.

Dos temas / The themes

Enquanto os jardins com suas flores e insetos marcaram uma forte presença nas estampas, acessórios e cenários das marcas que se apresentaram no Fashion Rio, o mesma tema floresceu de forma mais gráfica e em tons mais escuros nas passarelas do SPFW. Por outro lado, no cenário paulistano as águas rolaram e a madeira se cravou imponente. / While the gardens with their flowers and insects featured a strong presence in the prints, accessories and scenery of the brands that were presented at Fashion Rio, the same theme bloomed more graphically and in darker shades on the catwalks of SPFW. On the other hand, waters rolled down and wood was nailed impressively at the Sao Paulo scenario.

Em clima de romance, a Espaço Fashion apresentou suas estampas florais e broches em formato de insetos e flores / In a romantic mood, Espaço Fashion presented its floral prints and brooches in shape of insects and flowers

As flores da marca Filhas de Gaia se estenderam para o jardim... / The flowers of the brand Filhas de Gaia were spread in its garden...

... assim como mudas de plantas da Mata Atlântica foram colocadas na passarela da Maria Bonita Extra / ... as well, seedlings from Atlantic Forest were set at the Maria Bonita Extra's catwalk

... assim como mudas de plantas da Mata Atlântica foram colocadas na passarela da Maria Bonita Extra / ... as well, seedlings from Atlantic Forest were set at the Maria Bonita Extra's catwalk

Brincando com o tema, que tal o chapéu-jardim de OEstúdio? / Playing games with the theme, what about the OEstudio's hat that looks like a garden?

Ainda na passarela do Fashion Rio, Mara Mac mostrou a fúria da natureza / Still at the Fashion Rio's catwalks, Mara Mac showed the nature's fury

Em São Paulo, Erika Ikezili apresentou as suas flores em um tom mais escuro / In Sao Paulo, Erika Ikezili presented its flowers in a dark mood

Com a coleção "Oceans", Osklen apresentou... / Osklen presented its collection "Oceans"...

... peças feitas de algodão orgânico tingido naturalmente... / ... clothing items made of organic cotton naturally dyed...

... e, com uma paleta da cor azul em seus diversos tons - do mais claro ao marinho / and, with a blue color palette in its diverse tones - from the most light to marine

Simone Nunes mostrou a sua veia eco-friendly ao colocar madeira de demolição na passarela / Simone Nunes showed her eco-friendly vein as she put demolition wood in her catwalk

Maria Bonita não apenas apresentou roupas feitas de de reflorestamento articuladas em forma de mosaico sobre tecidos, mas também... / Maria Bonita haven't only presented clothes made of reforestation veneer articulated in a mosaic form on tissues, but also...

... peças e acessórios com crochê de palha / ...clothing items and accessories with straw crochet

Dos novos materiais / The new materials

A utilização da técnica do upcycling não é ainda muito comum em terras brasileiras, mas a Redley apresentou bolsas e mochilas feitas a partir de velas de windsurf fora de uso. A grande novidade fica por conta do EcoSimple, um tecido feito 100% com matéria-prima reciclada e resultado de um complexo processo de fabricação e logística. / Using the technique of upcycling is not yet very common in Brazilian lands, but the brand Redley has presented bags and backpacks made from the sails of windsurfers out of use. The great news is on account of EcoSimple, a fabric made of 100% recycled raw material and the result of a complex manufacturing process and logistics.

A bolsa da Redley é umótimo exemplo de upcycling / The bag is a great example of upcycling at Redley

O casaco sem mangas apresentado na passarela masculina do Alexandre Herchcovitch é feito com o tecido EcoSimple / The sleeveless coat presented at Alexandre Herchcovitch's menswear show is made of EcoSimple

As bolsas de praia e os chapéus de crochê da Totem foram feitos com plástico reciclado / The bags and hats of the brand Totem were crocheted with recycled plastic

Do trabalho eco-social / The eco-social work

Integrar comunidades carentes do Brasil afora no processo de produção das roupas e acessórios feitos com materiais reaproveitados e ecológicos, como algodão orgânico, é o grande trunfo da maioria das marcas que se apresentaram sob o conceito de sustentabilidade nas passarelas do SPFW e do Fashion Rio. / Integrating poor communities from all over Brazil in the production of clothing and accessories made with recycled and environmentally friendly materials, such as organic cotton, is the trump card of most brands that showed the concept of sustainability on the catwalks of Fashion Rio and SPFW.

A Têca trabalhou com uma associação de rendeiras de bilro de Natal / The brand Têca worked with an women association located in the city of Natal who made clothes with the technique of bobbin lace

O estilista Walter Rodrigues fez a sua coleção em parceria com ONGs e cooperativas de Pernambuco / THe fashion designer Walter Rodrigues made his collection in partnership with NGOs and cooperatives of Pernambuco state

Ronaldo Fraga foi convidado para participar do projeto "Pernambuco com Design" onde capacitou artesãs deste estado. O vestido de renda renascença foi feito por mulheres da Paraíba. / Ronaldo Fraga was invited to participate in the project "Pernambuco with Design" where trained artisans of this state. The renaissance lace dress was made by women of Paraiba state.

Este vestido feito de algodão orgânico cru e bordado mostra toda a maestria de design artesanal de Ronaldo Fraga / This dress made of raw organic cotton and embroidered shows the full mastery of Ronaldo Fraga's craft design

Juntamente com Ronaldo Fraga e Walter Rodrigues, Tininha da Fonte, estilista da marca de beachwear Movimento, também trabalhou com o projeto "Pernambuco com Design" e... / Along with Ronaldo Fraga and Walter Rodrigues, Tininha da Fonte, the designer of the beachwear brand Movimento, also worked with the project "Pernambuco with Design" and...

... apresentou peças feitas com pele de peixe reaproveitada que criaram um efeito de lascas de madeira / ... presented clothing items made with reclaimed fish skin which created an effect of wood chips

A marca Iódice trabalhou junto a comunidades da Amazônia e apresentou peças feitas com tucumã... / The fashion brand Iódice worked with communities in the Amazon and presented clothing made with tucumã...

... pele de pescada reaproveitada, que aparece nesta foto na bolsa,... / ... reclaimed fish skin, that in this picture is at the clutch,...

... e, cortiça (que é um material retirado da casca da árvore, sem machucá-la ou precisar cortá-la, sendo assim, um processo sustentável) em sapatos e cintos. / ... and, cork (which is a material removed from the bark of the tree without hurting it or need to cut it, so it is a sustainable process) on shoes and belts.

Para mim, o verão vai ser florido com azuis infinitos, fluído como formas orgânicas e, futurista com estruturas sustentáveis. E como vai ser o seu próximo verão? / For me, summer will be blooming with endless blue, fluid as organic forms and futuristic with sustainable structures. And how will be your next summer?

*crédito das imagens a Agência Fotosite

Bazares da semana

por um vestir consciente

Adora um garimpo? Acompanhe-me na seleção e escolha o local.

Nesta semana fashion que começa hoje com o SPFW, bazares estão pipocando pela cidade. Fiz uma pequena seleção para vocês escolherem o seu local.

As brecholentas tem como opção o Bazar do B.Luxo Vintage, loja de Paula Reboredo e Gil França. Começa hoje e segue até o dia 14 de junho. Sua namorada ou seu namorado adora um garimpo? Passe  na loja e ache o presente perfeito.

B. Luxo Vintage

O Closet da Mel é um brechó com seleção das marcas de luxo tanto nacionais quanto internacionais. Na verdade, é mais um evento que ocorre a cada dois meses, pois as peças vêm diretamente do armário da Maria Eny Lacerda, uma senhora carioca paulistana que resolveu se desfazer de uma parte do seu guarda-roupa. Para quem procura peças elegantes e sofisticadas para a namorada, a segundae dição do evento começa amanhã e vai até o dia 13 de junho. Colem lá!

Closet da Mel


A beleza da nossa Terra / The beauty of our Earth

por um celebrar consciente / for a conscious celebrating

As fotos e o filme do fotógrafo Yann Arthus-Bertrand / The photos and the movie by photographer Yann Arthus-Bertrand

Lar”, um filme do fotógrafo, jornalista e ambientalista francês Yann Arthus-Bertrand, foi lançado em 5 de junho de 2009 no Dia do Meio Ambiente e, é sobre o estado do nosso planeta e uma fantástica história da vida na Terra. / “Home”, a movie by French photographer, journalist and environmentalist Yann Arthus-Bertrand, was launched on June 5th 2009, World Environment Day, and it is about the state of the planet and a fantastic history about Earth’s life.

Hoje celebramos esta data novamente e nada melhor do que compartilhar o magnífico trabalho deste artista e refletir um pouco sobre as nossas ações cotidianas na nossa casa e na nossa comunidade. Acredito muito nas pequenas atitudes positivas individuais que, com o tempo, influenciam e integram ‘os outros 6 bilhões’ de pessoas nesta jornada e morada em que as trocas e a união são mais importantes e fortes que a divisão e o egoísmo. De dentro para fora ou do fazer local para o global. / Again and today we celebrate this date and nothing better than sharing the magnific work of this artist and reflecting a little about our daily actions in our home and in our community. I do believe in the small positive and individual attitudes that, with time, influence and integrate ‘the 6 billions others’ in this living in which exchanges and unity are more important and stronger than the division and selfishness. From inside to outside or from local to global.

Abaixo, algumas destas lindas imagens sobre o frágil planeta Terra capturadas pela grande-angular de Yann Arthus-Bertrand. Admirem! / Following some of those beautiful fragile Earth images captured in Yann Arthus-Bertrand’s wide angle. Enjoy!

...a geyser at the Yellowstone National Park (Wyoming, US)...

...a burned tree in Ivory Coast, Africa...

...a tulips field in Amsterdam region...

...an Icebreaker Louis Saint Laurent in Resolute Bay, Nunavut Territory, Canada...

...outskirts of Copenhagen, Denmark...

...flooding in Bangladesh village...

What a breathless image! A big love to our home!


The Uniform Project

por um vestir consciente / for a conscious clothing

1 vestido, 365 dias e muita inspiração / 1 day, 365 days and a lot of inspiration

Você usaria o mesmo vestido com um look diferente cada dia durante um ano? Não? Pois foi este o desafio lançado por Sheena Matheiken para ela mesma a ser finalizado dentro de um mês. / Would you wear the same dress in a different look every single day for a whole year? No? Well, this was the challenge taken by Sheena Matheiken which is going to be finished in a month.

Desde maio de 2009, Sheena Matheiken e sua parceira Eliza Starbuck, quem projetou o seu Little Black Dress, estão à frente do The Uniform Project, um projeto (muito) inspirador e, não apenas no sentido de estilo. Tendo o vestido-uniforme como uma tela “branca” à espera de cores, colagens e novos significados, Sheena o enfeita com peças de vestuário feitas à mão, vintage ou recicladas, ou seja, são itens que promovem a sustentabilidade na moda. O resultado destas criações de estilo são looks improvisados, diferentes, desejáveis e criativos. Abaixo, estão os meus três looks preferidos. / Since May of 2009, Sheena Matheiken and her partner Eliza Starbuck, who designed the Little Black Dress, are at the front line of The Uniform Project, a very inspiring project and not only in the sense of style. Promoting sustainability in fashion by wearing this uniform dress as a “white” canvas waiting for colors, collages and new meanings, Sheena accessorizes it with clothing items which are handmade, vintage or recycled. The result of these styled creations are improvised, different and creative looks. Below my favorite ones.

What gets my attention in this look was this upcycled t-shirt turned into a tunic top

This upcycled t-shirt turned into a tunic top gets my attention in this look

The cape reminds me an winter story that looks like a fairy tale

Sheena rocks in this Disco Doherty outfit!

O grande mérito do projeto não são as roupas e os acessórios em si e, sim, o levantamento de dinheiro para a Akanksha Foundation, uma organização não-governamental para a educação de crianças que vivem em condições precárias na Índia. Com o governo indiano gastando uma média de $360 em cada escola pública por ano, Akanksha investe o mesmo valor em cada criança que moram nas favelas para oferecer a elas uma melhor educação. Comovida e engajada, Sheena está doando $1 cada dia durante os 365 dias do The U.P. e convida a todos a participar nesta causa. / The great merit of the Project aren’t the clothes and the accessories themselves and, yes, the fundraising for Akanksha Foundation, a non-profit educational organization for underprivileged childrens in India. With the Indian government spending an average of $360 on each child’s public school year, Akanksha has vowed to spend the same amount on every child in the slums to afford them a better, more holistic education. Sheena is doing her part donating $1 each day during the 365 days of the U.P. and invites everyone to join into the cause.


credits to The U.P.

Com a maratona chegando ao final, duas ações estão em curso: a primeira é a compra da edição limitada de 365 vestidos, cada um representando um dia deste projeto de um ano. Os pedidos começam hoje e cada little black dress custa U$180 dos quais U$30 irão diretamente para a Akanksha. A outra proposta começa amanhã e se trata de um leilão dos incontáveis acessórios doados e usados criativamente por Sheena. Com o espírito do reuso e de impulsionar o levantamento de fundos para a Akanksha Foundation, as criadoras do projeto estão leiloando todas as adoráveis doações – dos chapéus e cintos a calças, saias e sapatos e muito mais. / With the project reaching its final line, two actions are ongoing: the first is the limited edition release of 365 dresses, each representing a day in Sheena’s year long wear-a-thon. They are now available for order and each uniform dress costs $180USD from which $30USD will go directly to the Akanksha Foundation. Starting this Monday in the true spirit of re-use and to further boost the fundraiser for the children of Akanksha, the Accessory Auction is about auctioning off all of the lovely and countless donations; handmade, vintage and designer accessories that Sheena has artfully paired with her little black dress.

Não é a toa que o The Uniform Project fez sucesso ao redor do mundo. Afinal, Sheena provou que com um pouco de criatividade, qualquer acessório bonito pode percorrer um longo caminho. Inspirador, não? / No wonder that The Uniform Project was a success around the world. After all, Sheena has proven that with a little creativity, one fabulous accessory can go a long way. Quite inspiring, no?